quinta-feira, novembro 16, 2006
Os cheiros da minha infância

Tive uma infância muito feliz na Alemanha e além de todas as memórias prazerosas que ficaram em mim, quer visuais quer emotivas , também se impregnaram nas minhas recordações cheiros e aromas que me trazem o tempo de menina... que me fazem percorrer quase 2000 kms num palpitar do coração, num ténue pestanejar, num suave respirar... o aroma da relva acabadinha de cortar e o do pão quente acabadinho de sair do forno.
A relva do jardim da minha amiga da frente, com quem brincava, rebolava e dava cambalhotas... que bem sabia sentir a relva ainda fresca na nossa pele! O pão quente da padaria lá da rua, sempre que a minha mãe me levava de madrugada enroladinha a um cobertor, para ficar em casa de uma tia enquanto ela ia trabalhar... antes de retomar o sono comia sempre um pãozinho quente... e que bem que me sabia!
Estes são os aromas que me levam longe... e os vossos quais são?


P.S.- Neste post podem ver a variedade de pão que existe nas padarias alemãs!

 
Escrito por Hindy às 22:18 | Links to post |


22 Comments:


  • At 16 novembro, 2006 23:08, Anonymous Daniela Mann

    Pudim de ovos! Na minha casa à uma pancadinha por esta sobremesa e o cheiro a caramelo está gravadissimo no meu subconsciente! he he he

     
  • At 16 novembro, 2006 23:16, Blogger LFM

    o cheiro da relva acabada de cortar é óptimo.
    Agora por cá também já começa a aparecer mais variedade de pão (ainda bem)

     
  • At 17 novembro, 2006 00:07, Blogger Belzebu

    ehehe!! Tem graça que eu não tinha grande opinião acerca das padarias alemãs!!! Mas pronto, estou disposto a reconsiderar!!!

    ehehe! Pãozinho quente de madrugada é tão bom!!!

    Saudações infernais!

     
  • At 17 novembro, 2006 02:47, Blogger Marlene Maravilha

    Eu amei este post. As fotos são lindas! Minha filha Roberta está morando na Alemanha faz 4 meses, e está amando.
    TEnho uma infinidade de cheiros característicos da minha infancia. Morava no sul do Brasil e o cheiro do café, bolo de fubá, broinhas de nata, sempre foram uma constante, fora o cheiro da chuva e do mato na fazenda dos meus avós.
    abraços

     
  • At 17 novembro, 2006 08:51, Blogger a lice

    Os cheiros são, de facto, um óptimo pretexto para nos fazer recordar antigas e deliciosas memórias...

    Beijinhos de bom fim-de-semana!;-)

     
  • At 17 novembro, 2006 11:01, Blogger Maresia

    Da minha infância recordo o cheiro do meu quintal, quando o meu avô tirava batata ou podava as árvores, ou o cheiro a tangerinas, ou a laranjas. Lembro-me do cheiro do meu avô! Do sofá da minha casa! Lembro-me do cheiro a cáca de vaca ou cavalo que por vezes passavam mesmo à minha porta. Lembro-me do cheiro a terra quando chovia! Lembro-me do cheiro da minha cadelinha. Lembro-me do cheiro a futebol que se vivia naquela terra.
    Lembro-me do cheiro a ovos de casa estrelados... Hummm como aquilo é bom!!!

    Obrigada Hindy, por me fazeres recordar os cheiros da minha infância!

     
  • At 17 novembro, 2006 12:24, Blogger Desassossego

    Hummm adoro pão. Eu nasci em França e o que guardo na memória é também as padarias e a variedade enorme de pão.


    beijo doce.

     
  • At 17 novembro, 2006 17:03, Blogger Piquinota

    Eu recordo o cheiro do quintal lá em casa... que se cruzava com o da prima B. e com o de uma vizinha...:)
    Recordo-me do cheiro ao domingo de manhã!:) Era sempre diferente e sempre especial!
    O cheiro das castanhas assadas na rua...
    O cheiro do Natal em casa!:)

    E tantos mais!!!!

    Jinhos

     
  • At 17 novembro, 2006 17:25, Blogger pisconight

    Lembro-me do cheiro a terra molhada, do cheiro da broa quente ao Sábado de manhã (mas muito raramente),... ai, ai...
    ;)

     
  • At 17 novembro, 2006 18:46, Blogger anokas

    hhummmm... e que bom aspecto que tem o pão :)
    no outro dia comi um "guarda-chuva" de chocolate da regina! era uma coisa q adorava em criança! e no outro dia comprei um!
    tão booommmmm
    quero ser criança de novo :)
    bjokas da anokas ;)

     
  • At 17 novembro, 2006 21:10, Blogger Sandra Casalinho

    O cheiro da roupa a corar, em casa da minha avó!

    Pão da Alemanha...Nham :P...Estive lá e ... ADOREI !!!
    Pena na altura ter 1 bilhete de volta (LOL).

    Bjs :*
    Aparece...

    http://sayagainwhatuwant.blogspot.com

     
  • At 17 novembro, 2006 22:57, Blogger de Matos

    Quando for ate la ja sei o que comer ;)

    bjs e bom fim de semana

     
  • At 18 novembro, 2006 18:30, Blogger olho_azul

    O cheiro da terra molhada ou da relva acabada de cortar;
    O cheiro do sargaço a secar na praia;
    O cheiro do Natal!!! (ainda bem que está a chegar)
    Bom fim de semana
    Bjos molhados

     
  • At 18 novembro, 2006 19:00, Blogger ** sean paul**

    Então sabes alemão??? Podias escrever qualquer coisinha, mas com tradução...

    Bjx

     
  • At 18 novembro, 2006 21:28, Anonymous Daniela Mann

    Hindy, tens um desafio no meu blog!
    Beijinhos

     
  • At 19 novembro, 2006 12:15, Blogger The City Lights

    Hindy,

    bem....se me coloco aqui a relatar os cheiros da minha infância.....ui.....dava para fazer um filme!
    Olha, e por filme, e por aromas, se puderes....vai ver "O perfume"!Está muito bom!

    Um besso enorme cara amiga... a beber uma grande chávena de café, feito á moda antiga (passado pelo pano),e a mordiscar brownies acabados de fazer,com uma leve pitada de canela, mesmo em frente a uma fantastica lareira cheia de troncos de carvalho, e com uma meia duzia de pinhas a crepitar!

    Alinhas?
    ;)

     
  • At 19 novembro, 2006 14:14, Blogger Professorinha

    O cheiro a mar, o cheiro a sol, o cheiro a terra molhada... tudo isso me leva à Madeira...

    Beijinhos :)

     
  • At 20 novembro, 2006 10:12, Blogger Cruzeiro

    Um post que abre o apetite. :-))
    Boa semana
    Beijinho

     
  • At 20 novembro, 2006 17:16, Blogger Visi

    Nasci em Angola, vim de lá com 6 anos (pela independencia)....não me recordo de cheiros mas de musicas....Jose Cid principalmente, entre outras!Tambem tive uma boa infância e só me recordo de coisas agradáveis...upsss, mentira: recoro-me de dois acidentes que tive aos 3 e 4 anos que por um triz não morri mas não tenho qualquer tipo de trauma.Posso pensar e falar nesses acidentes e recorda-los como se fosse hoje mas não me sinto mal com isso.

    Pois, tenho pena de nao me recordar de aromas!

     
  • At 20 novembro, 2006 20:22, Blogger Velveteen

    a mim faz-m lembrar a minha Àustria linda d morrer. ai q saudades. tenho q voltar lá um dia....

     
  • At 21 novembro, 2006 00:38, Anonymous candida

    hummmmmmmm! tantos Brads Konacs :)

     
  • At 21 novembro, 2006 18:46, Blogger SaltaPocinhas

    os cheiros activam-me mais a memória do que outra coisa qualquer.
    os meus cheiros de pequenina: o perfume que o meu avô me punha quando eu lá chegava, o cheiro a bagaço (ele tinha um alambique), o cheiro a uvas nas vindimas, o cheiro a natal, o cheiro dos gatos...
    (agora por tua causa tb vou fazer um post sobre cheiros!!)